Terça, 03 Dezembro 2019 14:47

Documentário sobre a história da AIDS no Brasil chega às plataformas de streaming

O filme “Carta para Além dos Muros” foi lançado neste domingo (1º) em alusão ao Dia Mundial de Luta contra a Aids. Nesse mês é realizada a campanha Dezembro Vermelho para conscientizar sobre prevenção e tratamento da AIDS.

O filme é de autoria e direção de André Canto. A obra aborda mais de trinta anos de historia da AIDS no Brasil e como ela é discutida pela sociedade brasileira. Já o título do filme tem inspiração no autor Caio Fernando Abreu.

O filme é em formato de documentário e conta com a participação de personalidades importantes no assunto de saúde, como o médico Dráuzio Varella. Além dele, também contribuíram Lucinha Araújo, mãe do cantor Cazuza e a médica Valeria Petri, que revelou o primeiro caso de AIDS no Brasil. Os ex-ministros da saúde José Serra e José Gomes Temporão, além dos médicos Ricardo Tapajós e Rosana Del Bianco, também deram sua contribuição ao documentário.

Além da Netflix, o documentário pode ser visto no Vivo Play, Now e Oi Play. A disponibilidade do filme em serviços de streaming resulta em mais acesso à obra. Os estigmas sociais dispensados aos portadores de HIV/AIDS também são abordados. Na história brasileira sobre o assunto, muitas pessoas sofreram preconceitos e a AIDS ainda é um grande tabu. Apesar do avanço da ciência e dos descobrimentos sobre essa questão, por muito tempo, a AIDS foi conhecida como a “doença gay”. Por isso, o documentário aborda desde as discriminações por falta de conhecimento, a epidemia e as consequências da AIDS no Brasil.

Para André Canto, a disponibilização do filme pela Netflix e outros meios de divulgação é motivo de celebração. O autor e diretor está estreando com o longa. Por isso, diz que se sente privilegiado em ter seu trabalho lançado em várias plataformas.

 

Fonte: Revista Lado A