Sexta, 29 Novembro 2019 15:23

Bancos fecharam 6.739 postos de trabalho em 9 meses no ano

Única faixa etária que teve mais contratações do que demissões seria afetada pela MP905/19, amplamente combatida pelo Sindicato
Escrito por Gabriel de Oliveira
Bancos fecharam 6.739 postos de trabalho em 9 meses no ano Reprodução PIS

Os maiores bancos do país fecharam juntos 6.739 postos de trabalho durante janeiro e outubro de 2019. O levantamento feito pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), somente a faixa de 18 aos 29 anos tiveram mais contratações do que demissões.

Em oposição à Medida Provisória 905/2019, promulgada pelo Presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Economia Paulo Guedes, o Sindicato defende a categoria bancária através das conquistas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), pois de acordo com a nova legislação, funcionários de bancos teriam o teto limitado apenas em R$1.500,00.

Conforme diz a pesquisa, a faixa etária citada teve a abertura de 10,765 postos de trabalho. Porém, todas as faixas acima dos 30 anos analisadas no levantamento, tiveram saldos negativos, com destaque para funcionários de 50 até 64 anos, com o fechamento de 9.799 postos de trabalho.

Desigualdade de gênero

A pesquisa aponta que das 13.575 mulheres admitidas pelos bancos durante o período do estudo, o salário médio delas corresponde a R$3.926,00, ou apenas 75,9% da remuneração dos 16.035 homens contratados nestes nove meses.