Quinta, 12 Setembro 2019 17:25

Itaú: pressão dos sindicatos garante antecipação da 13ª cesta alimentação

Banco confirma pagamento do cestão para o dia 25 de outubro
A 13ª cesta alimentação ajuda os bancários a comprar mais e a preparar a mesa para as festas de final de ano A 13ª cesta alimentação ajuda os bancários a comprar mais e a preparar a mesa para as festas de final de ano

Após cobrança dos sindicatos e da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), o Itaú decidiu atender a reivindicação dos bancários e vai antecipar o pagamento da 13ª cesta alimentação para 25 de outubro. Pela Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria, os bancos têm até o dia 31 de novembro para realizar o crédito.

 Conquista dos bancários

A 13ª cesta alimentação é uma conquista dos bancários, após a mobilização da categoria na Campanha Nacional de 2015. Corresponde a mais um valor ao ano de vale-alimentação. Este ano, o VA dos bancários foi reajustado retroativamente a 1º de setembro de 2019 (data base da categoria), em 4,31%, que corresponde à reposição da inflação mais 1% de aumento real, conquistado no acordo de dois anos fechado na Campanha de 2018. Portanto, o vale-alimentação e a 13ª cesta alimentação passaram de R$ 609,88 para R$ 636,17.

“A cada direito conquistado fica mais claro para os bancários a estratégia acertada do acordo de dois anos. Em um período em que os direitos dos trabalhadores são retirados e os salários arrochados, com muitos trabalhadores não conseguindo sequer repor as perdas da inflação, a categoria garantiu o aumento real de salários, que incide sobre a PLR e as demais verbas, como os tíquetes refeição e alimentação e a 13º cesta. As garantias da Convenção Coletiva devem ser, sim, celebradas”, afirma a presidenta do Sindicato, Adriana Nalesso.