Sexta, 19 Julho 2019 13:13

Jandira Feghali alerta sobre os riscos da Reforma

Deputada faz balanço de medidas adotadas pela equipe de Jair Bolsonaro e seus reflexos para a sociedade brasileira
Escrito por Gabriel de Oliveira

Em transmissão ao vivo no Facebook na quinta-feira (18), a CUT-RJ entrevistou a Deputada Federal Jandira Feghali que falou por mais de uma hora sobre os danos que estão introduzidos na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019, ou seja, a implementação da nova Reforma da Previdência.

Durante a entrevista, Jandira explicou as dificuldades em impedir a aprovação da Reforma no segundo turno de votação na Câmara, mas a parlamentar do PC do B destacou a conquista em reduzir danos, favorecendo professores, com as últimas alterações da proposta apresentada por Paulo Guedes. Há sete dias, durante a votação do primeiro turno para aprovação do texto-base, ficou decidido que professores próximos da aposentadoria terão a idade mínima reduzida de 55 anos para as mulheres e 58 para os homens, passando a ser de 52 e 55, respectivamente. A conquista foi celebrada no plenário e a aprovação veio com uma larga margem no resultado de 465 votos favoráveis contra apenas 25 contra.

"Conseguimos reduzir danos. Mas ainda sim ela (a proposta) é muito prejudicial para os mais pobres, ao povo trabalhador", destaca. 

Ainda na live, Jandira aborda temas importantes para o conhecimento geral da população sobre o que está além do proposto nas 66 páginas da alteração da PEC. O imposto retirado dos tributos da população, o interesse de banqueiros e empresários por trás da nova Reforma, a pensão por morte ser reduzida abaixo de um salário mínimo, entre outras medidas prejudiciais para os trabalhadores.

"É uma reforma que não serve para nada ao Brasil. O trabalhador que recebe até 3 salários mínimos é quem vai trabalhar mais e sofrer", afirma a Deputada.

A entrevista completa possui 1h08 de duração, foi realizada ontem (18) pela página oficial da Central Única dos Trabalhadores no Rio de Janeiro. Para assistir, clique aqui.