Quarta, 02 Janeiro 2019 20:08

Equilíbrio entre equipes marca finais da Copa Bancária

Veteranos decidiram o título nas penalidades, enquanto os amadores, apesar do largo resultado, travaram uma partida equilibrada

 

As finais da Copa Bancária no sábado (22) consagraram as equipes do Bradesco Guerreiros e Bradesco Resenha, campeões das categorias veterana e amadora respectivamente. Porém, o que caracterizou as decisões disputadas na sede Campestre foi o equilíbrio entre os times que protagonizaram duas partidas de alto nível.
O duelo mais equilibrado foi entre Unibanco Uniamigos e Bradesco Guerreiros, pela categoria veterana, que empataram no tempo regular por 1 a 1. A falta de pontaria do Uniamigos custou caro. Apesar de sair na frente do placar, sofreu o empate nos minutos finais e posteriormente perdeu nas penalidades, apesar da grande partida de seu goleiro. Os Guerreiros, liderado pelo capitão Flávio Carvalho “Gum”, tornaram-se bicampeões da competição.
Pela categoria amadora, o Bradesco Resenha superou o Itaú Brahmeiros, pelo largo placar de 3 a 0. O jogo foi equilibrado a maior parte do período de bola rolando. Contrariando quem apenas vê o resultado final, a partida foi uma exibição de alto nível de comprometimento e vontade dos finalistas. Dono do golaço da final, Robson Brayan balançou as redes no primeiro tempo, fazendo os adversários saírem em busca do empate e consequentemente sofrerem mais dois gols dando números finais à partida.