Informativo On-Line:

Cadastre-se e receba o informativo do sindicato por email.

BANCO DO BRASIL

Sindicato cobra que seja apurada agressão a bancário

NOTÍCIAS

09, julho 2018 20:03

O Sindicato vai cobrar oficialmente do Banco do Brasil a apuração e as devidas providências em relação à agressão física de um gestor de uma agência da Zona Oeste a um bancário. O fato ocorreu no último dia 2 na frente de testemunhas. No meio de uma discussão, o gestor, nervoso, teria atingido com um soco o funcionário que caiu. A violência só não continuou no chão porque o agressor foi seguro por vigilantes. O Sindicato tomou conhecimento de que o gestor teria sido transferido para a Baixada Fluminense.
Segundo informações, o funcionário estava trabalhando quando recebeu o aviso verbal de que no dia seguinte pela manhã teria que se reunir com o Comitê de Administração da Agência, sem ser especificado o assunto. Quando perguntou que tema seria tratado, a reação do gestor foi de indignação e impaciência, não respondendo à pergunta. Houve uma divergência. No segundo andar aconteceu a agressão. O funcionário registrou queixa na delegacia policial da região e foi submetido a exame de corpo de delito.
Rita Mota, diretora do Sindicato e membro da Comissão de Empresa dos Funcionários, considera o fato lamentável e cobra uma resposta imediata do banco. “O que aconteceu é fruto da pressão do ambiente de trabalho tenso criado por uma política de redução salarial e de pessoal, de violência organizacional generalizada, e da falta de acompanhamento do banco sobre a atuação dos gestores para evitar que situações como esta aconteçam. Isto não pode continuar assim”, afirmou. 
 

Comentários


Para comentar você precisa estar logado.


Leia também:


16, July 18

Só a mobilização poderá arrancar proposta dos bancos até 1º de agosto

16, July 18

Caixa diz amém à Fenaban e também se nega a assinar pré-acordo

16, July 18

Banco do Brasil aceita calendário de negociação após pressão dos sindicatos