Informativo On-Line:

Cadastre-se e receba o informativo do sindicato por email.

Sindicato reintegra bancário reabilitado no Santander

NOTÍCIAS

09, julho 2018 18:32

O Santander vem demitindo ilegalmente bancários reabilitados que voltam ao trabalho após licença médica. O Sindicato tem obtido vitórias judiciais nestes casos. No último dia 20 de junho, a desembargadora Gisele Bomdim Lopes Ribeiro, determinou a reintegração do bancário Pedro Paulo Medina dos Passos (foto), entendendo ser nula a demissão, já que o banco não preencheu a vaga deixada pela dispensa, desrespeitando a cota mínima para deficientes e reabilitados, estabelecida em lei. 
Pedro tem 26 anos de banco. Estava reabilitado desde novembro de 2000. Foi demitido em 2014. Era portador de síndrome do manguito rotador, traumatismo do músculo e tendão e de outras partes do bíceps, sinovite e tenossinovite, além de tendinite biceptal, doenças comuns aos bancários e com conexão com as funções exercidas. Todas são caracterizadas como lesões por esforço repetitivo (LER/Dort). Assim, estava de licença por acidente de trabalho. A demissão foi feita de forma ilegal, abrupta e arbitrária.
“Mais uma vez a competência dos advogados da Secretaria de Assuntos Jurídicos do Sindicato ajudou a fazer justiça, com a reintegração de mais este bancário”, comentou o diretor da entidade, Marco Motta. Orientou a que os bancários, nos primeiros sintomas de LER, procurem o seu médico e o Sindicato. “Assim vão preservar a sua saúde e seus direitos”, afirmou.

Comentários


Para comentar você precisa estar logado.


Leia também:


18, October 18

Funcionários do Itaú recebem 13ª cesta-alimentação no dia 26

18, October 18

Empresas pagaram milhões para disseminar fake News pelo WhatsApp em favor de Bolsonaro

17, October 18

Retorno do risco de privatizações ameaça bancos públicos e o futuro do Brasil