Informativo On-Line:

Cadastre-se e receba o informativo do sindicato por email.

PROJETO

 

Gás de cozinha na cesta básica

NOTÍCIAS

11, junho 2018 21:00

Mais um produto essencial na vida da população pode compor a cesta básica, ao lado do arroz, feijão, óleo, macarrão e outros - o gás de cozinha está fila. 
Considerando que muitas famílias voltaram ao velho hábito de cozinhar usando o fogão a lenha, por conta dos altos preços do gás, o deputado estadual Gilberto Palmares (PT) elaborou o Projeto de Lei 4154/2018, prevendo a adição do gás liquefeito de petróleo aos demais itens da cesta básica. 
Os produtos da cesta básica têm redução do ICMS de 12% para 7%. Pelo projeto, o botijão de gás contaria, portanto, com o mesmo incentivo dos demais produtos, ficando mais acessível aos pobres. O PL 4154/18, inclusive, prevê a diminuição do ICMS sobre o gás encanado. O Sindicato entende que o incentivo deveria ser de imposto zero para todos os produtos que compõem a cesta básica.
O PL 4154/2018 deverá novamente entrar na pauta da Alerj em data a ser definida. “Trata-se de uma iniciativa justa, na medida em que todos estão penalizados com os constantes aumentos do petróleo e seus derivados, que incidem sobre todos os preços, com um peso ainda maior no bolso dos pobres”, avalia o diretor do Sindicato Ronald Carvalhosa.  
 

Comentários


Para comentar você precisa estar logado.


Leia também:


18, October 18

Funcionários do Itaú recebem 13ª cesta-alimentação no dia 26

18, October 18

Empresas pagaram milhões para disseminar fake News pelo WhatsApp em favor de Bolsonaro

17, October 18

Retorno do risco de privatizações ameaça bancos públicos e o futuro do Brasil